terça-feira, 25 de agosto de 2009

Carta á irmã que mora longe...


Ouvindo "Canto do Céu" - Chalaça, eu sentei aqui, pra escrever pra vc irmã. Tô de coração aberto e olhos lacrimejantes, pois a cada dia que passa o mundo lá fora me assusta, e tenta me devorar, e eu sempre quero voltar pra onde eu me sinta segura. Os amigos são para isso. E Ter vc como amiga e irmã, me faz sentir assim....como uma canção de Gil, um batuque de tamborim, um acorde de guitarra. Inspirada em suas palavras, em mais uma troca virtual nossa, coloquei aqui , um pouco do meu amor por vc, que é tão sincero e grande, por tudo que vc já fez por mim, pelo que vc é, e por tudo que ainda será em minha vida.


"Oi Irmã, hoje amanheceu garoando, aqui na cidade de pedra. Eu acordei de mau humor, daquele jeito que vc sabe, saí falando alto já, xinguei a nina porque ela continua fazendo xixi onde nao deve; mas no caminho do trabalho, coloquei um som, e relaxei. Abri um sorriso e me animei pra mais um dia de batalha. è, pelo visto somos do tipo "guerreiras", então um dia a menos em nossas vidas é um caos, por isso sempre estamos nos levantando dos tombos. No caminho pro trabalho resolvi refletir, pensar e tentar traduzir....

Sabe, eu Quero dar um jeito logo na minha vida. e, que o resto dela seja simples, assim; como uma curva leve no meio do caminho, e uma menina de amarelo á sorrir. então, a partir de agora eu desejo que o resto da minha vida comece logo... e não termine nunca...
Quero dar um jeito logo na minha vida, para que ela se encaixe perfeitamente na sua; minha irmã/amiga de risos fáceis que se deixam levar por qualquer melodia doce que ecoa pelo ares...
Quero dar um jeito em minha vida, para que possamos ser vizinhas, de portas além de corações.è incrível sentir um amor assim? por alguém que nem do teu sangue é, mas que daria a vida por você, em qualquer circunstância....
Eu quero dar um jeito logo em minha vida, para que você me anime de perto nos dias cinzas de São Paulo, e para que alegre os seus fins de semanas bucólicos do Cerrado de Brasilia. A gente vai dar um jeito logo em nossas vidas. A gente vai se aproximar novamente.

A gente vai morrer de rir das novelas ruins e mexicanas, a gente vai conversar até amanhecer, tomar vinho na varanda da casa de praia, nos apaixonar músicos inconstantes e viajantes; ainda vamos juntas ao Rio de Janeiro, fazer cada percurso que embalou cada fase nossa, e cada canção, do rock á batucada. Do Carnaval ao Ano novo, do Leme ao pontal.

vamos caminhar pelas areias de qualquer praia, vestidas de branco, jogando rosas ao mar...Falando sempre daquilo que nos uniu e nos move em tudo em nossas vidas: O Amor!Ninguém entende que a gente "ama" quase tudo, quase todos. Que pulsa quente em nossas veias, e gostamos mesmo é de navalha na carne.

A intensidade de nós duas, deixam rastros de que talvez hipoteticamente surtando, e geneticamente falando, nós temos elos parecidíssimos; que nos levam a crer que, Deus escolhe quem deve fazer parte de nossas vidas e ser chamado de OHANA. é por ele que nossos caminhos um dia foram cruzados na esquina da vida. E, é nele que eu acredito fortemente, para que de repente, nos traga de volta, uma á outra; de corpo presente e não só mais de alma e coração.
Debaixo da laranjeira, vamos levar nossos filhos para brincar; ou então de mochila nas costas vamos mergulhar no mundo, e descobrir tudo que está por vir, e por merecimento nos será concedido. Essas somos nós. Tudo e nada, muito e pouco. Achadas e Perdidas.

Porque não saber do dia de amanhã, é a melhor parte de ser como nós.
è nossa única e certeira; Verdade!
E a saudade???
Ah, a saudade é única prova que a gente tem de que não passamos despercebidas, e tbm a certeza de que nunca estaremos sozinhas.


Um beijo pra vc, minha irmã mais que amiga, sonhadora, menina e que adora amarelo!



domingo, 16 de agosto de 2009

È o que tem para hoje...


Vejamos se eu consigo falar sobre solidão. Ao vestir a roupa de mulher maravilha todos os dias, eu trago comigo, dentro do peito, um aperto chato. Esse aperto tem nome, tem forma, tem sensação, tem tudo...esse aperto é quase um "ser vivo". Exatamente! Eu simplesmente ODEIO quando dizem: Vc é tão linda, duvido que esteja sozinha, que ninguém queira namorar/casar com vc..duvido!!!!
Analisamos pelo ângulo de que, as pessoas hoje em dia estão aceitando qualquer negócio. Tratamos as relações como crediários de grandes magazines. Vc preenche uma ficha, que em alguns dias é aprovada, vc escolhe o que deseja, compra, e pode ser que vc goste ou queira trocar ou então vc descarta e parte para outra loja onde encontrará algo falso que pode ser que supra o vazio que vc está sentindo, hoje. Na verdade tudo o que diz respeito a : relações humanas; esta se deturpando.

Vejamos se eu consigo falar sobre solidão. Porque todos a minha volta parecem falar uma língua que eu não entende? agir de uma maneira que eu desconheço? e maquiar uma felicidade que não existe????? Qual é o verdadeiro problema em estar só????? se não é o fato de vc sofrer de solidão, ás vezes...Estar acompanhado de qualquer coisa é muito simples, e fácil. Eu acabo de deletar 3 depoimentos enviados via orkut; não atender á dois chamados no rádio, e ignorar um e-mail. Nenhum desses tipos me atrai, ou estimula qualquer vontade para que eu queira estar ao lado deles. Nesse exato momento eu queria mesmo era estar nos braços do personagem das duas últimas histórias; porque esse sim vale á pena, e infelizmente ainda tá rondando meus pensamentos, mesmo sabendo que nós não temos nada, absolutamente nada, eu ando curtindo uns flashs fotográficos, que me trazem o sorriso dele, assim...meio sem querer querendo.

Mas, voltando ao assunto....!
Vejamos se eu consigo falar sobre solidão. Hoje é domingo. Passei um fim de semana gostoso em família na praia. Mas eu realmente gostaria de juntar meus pés nos pés de alguém nesse fim de noite. Chega a me dar um nó na garganta, eu ouço uma canção e derramo uma lágrima. Nem sei ao certo porque. Amanhã eu sei que estarei novinha em folha. Pq eu não me permito mergulhar na solidão, eu apenas falo sobre solidão. Porque quanto mais eu transformar ela em algo comum, mais fácil fica para esperar o "par imperfeito" que está agora, em algum lugar.....do mesmo jeito que eu!

Eu consigo falar sobre solidão. Eu consegui falar sobre solidão.
Sinto o tempo correndo, e diminuindo o espaço. Sei que esse encontro está para acontecer, e eu vou voltar aqui um dia, para descrever tudo que vou estar sentindo, e claro, SOLIDÃO não fará mais parte da minha vida!

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Atenção - Sintomas!


Passaram-se alguns dias Já...!
A droga de você escolher muito com quem vai grudar os lábios e juntar os corpos, é que acaba sem perceber, se tornando a pessoa mais exigente dos últimos tempos. Consequentemente, "O escolhido”, quando encontrado, torna-se alguém tão tão, tão diferente que você quase pensa em largar tudo na sua vida, e ficar admirando, da estante, a melhor parte dele. Porque lembre-se: a intensa é você, e não ele. Você estava esperando por ele, ele estava esperando uma oportunidade. E vocês juntos só fizeram o que os dois queriam! Risos*

Justamente eu não pretendia falar de carência, como desculpa para isso acontecer. Ainda mais quando você reencontra alguém. Portanto, vamos retirar esse tema, e seguir na busca de uma outra resposta para tamanha sensação de desespero( imagine um desespero engraçado e não triste). Porque venhamos e convenhamos que, você poderia ter encontrado alguém mais ou menos, e que não combinasse, e que não tivesse um mundo tão surreal diferente do seu, e que, não fosse essas mil coisas que por enquanto você esta achando que ele é, porque sabemos que tudo nessa vida é convivência. E Já que você não convive, não sabe.#fato1

Então, já que exigência é a palavra da vez... como lidar com essa depressão pós-ficada/transasensacional? Como se garantir profundamente naquele extao instante, e achar que vai passar ilesa por essa experiência que demorou a acontecer, por conta da sua “seleção”????

Quanta prepotência, e ignorância; Achar que depois de tocar num homem daqueles, você estaria pronta para enfrentar a segunda feira no seu trabalho na repartição pública, voltar para casa, comer uma barra de chocolate, ouvir todas as músicas que você acha que lembra ele, e ainda tentar dormir antes da meia-noite porque faz bem para pele. Aff!!!!

Quanta imaturidade, achar que aquele calor todo ia ficar trancado naquele quarto,que ele levaria para cidade dele tudo de você, como quem embarca a emoção na primeira classe, da melhor Cia aérea, e espera que ela retorne de jegue......como você pensou que toda aquela fantasia passaria da madrugada de sábado para domingo?simples assim.

Sua estúpida!!!!!!! Ainda deu a sorte de fazer a ligação do dia seguinte, e ser atendida de primeira, retribuindo toda a sua exagerada forma de dizer: “Não paro de pensar em você, e como ando muito só, gostaria de verdade que você fosse o homem da minha vidinha tão chatinha, mesmo porque não seria sacrifício nenhum acordar todo dia e ouvir seu singelo e grosso: "Oi”. Seria trágico, se não fosse cômico.

Os indícios apareceram nas primeiras 24hrs. O nome na boca a todo instante, os pensamentos lentos, As idéias distorcidas, e os olhares mais críticos ainda, para tudo que é comum e rotineiro.
Passados as 48hrs, você já contou mil vzs a mesma história para todas as suas amigas, sua mãe já percebeu que seu apetite diminui, seu pai te chamou de lerda só porque você não encontrou o sal na mesa na hora do almoço, e nem vc agüenta mais concentrar tanta energia num corpo só....o Dele, óbvio!!! Risos*

Puta que pariu. Ele = homem maduro vivido,cheio de mulher atrás.
Você = menina mulher, sem tempo e saco pra perder com moleques, louca para perder o fôlego de tanto sentir amor! Equação perfeita para você bancar a bobinha e ele o fodão.
Mas, que culpa tem ele???????????Nenhuma!!!!!!!!

Tenho certeza que se ele soubesse do seu real estado emocional, carnal banal, Ele fugiria antes mesmo de abrir a boca e dizer: Vem! Apesar de que, alguns casos, pessoas idiotas( eu por ex), deixam o sentimento explodir no peito, e não abrem a boca nem ferrando para expor o que sentem e correr o risco de ver o outro morrer de tanto gargalhar..ou não...! #fato2

Bom, chegamos as 72hrs. Alarmante seu estado! A luz pisca intermitente, igual a placa de motel de beira de estrada; a temperatura á baixo de zero, olhar distante, olheiras roxas-esverdeadas, preguiça de tudo e cabeça lá do lado de saturno, aonde você surtará, chorará, gritará e assumirá a sua crise depressiva, depois de um grande encontro! mas o bom é que ninguém vai te cobrar e muito menos julgar; e claro, ouvir!

Esse é o tempo exato que um espermatozóide leva para fecundar um óvulo, ou seja, você encontra-se praticamente prestes a engravidar literalmente do que chamamos de: paixão!!!!
Resta saber O que vem pela frente...
Os sintomas são os mais diversos, enjôo?náuseas? desejos ?inquetações ? insônia, e por fim, tédio??????será????? È, porque vamos registrar mais uma vez: não estamos falando de amor....

A partir de agora, ou você perde espontaneamente e tem sua gestação interrompida, e, ou Depois de nove meses você vê o resultado...
Esteja preparada..!!!!

sábado, 8 de agosto de 2009

Algo mais ou menos assim...





Corro contra o tempo para conseguir cinco minutos no seu dia corrido de famosidade. Tudo muito complicado; passo dia com gripe, dor de garganta, pego transito caótico, e no exato momento em que saía de casa, minha meia-calça rasga. Os homens não fazem idéia da raiva que é ter um fio puxado da meia-calça, ou um salto quebrado para uma mulher. Eles também nem imaginam que quando aparecemos na frente deles, sorrindo e linda, o quão trabalhoso foi estar assim, ali!

Na medida do possível eu cheguei á tempo. Subo correndo pelo hotel, e nem dou satisfação aos recepcionistas, que devem ter me achado uma louca.rs!11º andar, 1111. Caminho pelo corredor, e meu coração acelera conforme o número do quarto se aproxima. Veja bem, para sentir frio na barriga, comigo, basta eu estar entrando numa aventura, ou em uma zona com uma placa bem gigante: Perigo!Nada de exageros, apenas realidade. Te vi a última vez á seis meses. Falamos pouco. Não temos o que eu diria:” uma relação”. Aquela intensidade toda do primeiro encontro ficou ali, ou melhor, lá atrás. Eu nem imaginava que esse segundo episódio aconteceria, e que, a mesma química, sensação, e até diferenciada, permearia os exatos 75 minutos que vc pôde me conceder.

Bato na porta, você abre. Me olha dos pés a cabeça. Sua cara é a melhor. Acho que você se perguntou o mesmo que eu: o que estamos fazendo? Que loucura é essa? Não sei, mas é bom e eu quero senti-lá. Me puxa pelo braço, aproxima seu corpo do meu, encosta sua boca na minha, me beija gostoso, com vontade! Adoro barba, realmente adoro. Risos*
Reclama do meu atraso, do seu companheiro de quarto, e se mostra receoso quanto: o que fazer em tão pouco tempo, para tudo isso de mulher??? se estiver errada me corrija ok!?
Me acha linda, mas não diz logo de cara. Reclama que é uma roupa difícil de tirar a minha, Me beija de novo, sente meu cheiro...e pára pra me olhar...sempre! Passa a mão na cabeça, como quem está pensando, ou melhor, não consegue raciocinar....Corre para porta, passa a tranca, e fica a espreita no olho mágico, esperando o amigo aparecer. Eu começo a sentir uma mistura de tesão e nervosismo. Te quero e não te quero. Digo que só fui te dar “um beijo”, mas você me pega pelos olhos mentindo, e sabe exatamente o que eu fui fazer ali, e eu não queria só que nossos lábios se encontrassem. Eu queria o verdadeiro confronto corpo-a-corpo. Eu queria suar e deslizar na sua pele bronzeada de surf e sol, eu queria meus cabelos descabelados, e minha maquiagem escorrendo, queria amassar a minha roupa, e sentir, sentir....

Você encosta de costas na porta, como quem “proíbe” uma entrada. Você Se divide entre vigiar o corredor, e contemplar-me! Aliás, você não perdeu tempo. Sento meu corpo tremer. Fecho os olhos e me entrego com “receio” que chegue alguém, e com vontade de que o tempo pare, e você ali, daquele jeito. Suas mãos, tão delicadas me tocam, passam pelos meus cabelos; Tenho certeza que passou uma das maiores vontade de sua vida. Mas, nós só tínhamos alguns minutos, e logo segundos....

Que delícia que foi, rever você. E talvez, não por apenas “ver”... mas, por ser você e eu. Algumas pessoas se entendem tão bem quando o assunto é “atração fatal”, que acabam até achando que seria maravilhoso se aquilo acontecesse novamente, de repente... Você percebe uma movimentação. Me olha e diz: eu prometo que da próxima vez teremos mais tempo, muito mais tempo. Meus olhos em você, e minhas pernas bambas permitem que diga uma coisa, pense outra e sinta outra também. Vou embora com teu gosto, e tranqüila, com uma sensação super gostosa.

Te entendo, e não te cobro, nunca! Odeio sentimentos e sensações ruins, e também aquele clichê de “ fui usada”. Gosto assim; da combinação de 2, de sentir essa liberdade, loucura, de verdade e intensidade. Gosto do que vale á pena. Mas confesso; te quero de novo. Por alguns minutos a mais da noite, por uma tarde, ou algumas horas na madrugada dentro de um quarto de hotel só nosso. Eu quero de novo. A gente merece isso!

Entenda, eu sou uma mulher de poucos homens. Eu sou a típica aquariana exigente que só gosta de viver o que realmente merece ser vivido; que gosta desse tipo de coisa, que parece não ser real e que muito menos cai numa rotina medíocre e falsa. Sou uma menina-mulher que não perde mais tempo com qualquer um, e qualquer história. Não gosto de expectativas, não as crio. Sou a guardiã do meu coração e do meu corpo. E me entrego quando sei que devo, e me jogo quando tem que ser....E por isso me considero hoje, uma mulher de bem comigo mesma. Passo por todos os conflitos normais da espécie e da idade; mas me sinto bem melhor assim, como sou aos 26 anos, do que quando tinha 18....Porque capto tudo o que pode me ser dado, e não suporto essas limitações e falso moralismo. Sou uma música de Lulu Santos: “ vamos viver tudo que há para viver, vamos nos permitir”. Eu me permito!

Não se assuste, por favor!Não falei de amor, de” para sempre”, muito menos de relacionamento.
Falo de encontros. De acasos, de oportunidades, de caminhos que se esbarram em esquinas....de voltas e distâncias que não impedem nem por um momento que a gente se entregue de corpo e alma para quem realmente compensa e vale esperar.

Depois disso tudo, assisti seu show. observei a gritaria, ouvi os comentários, e morri de ri, juro! È estranho para mim, mas eu gostei. Gostei da sensação de ter tido aquele homem, um pouco antes dele estar ali, radiante, soltando a voz grossa e encantando.....Você estava na boca de muitas meninas, nos desejos que elas alimentavam; e, eu me senti maravilhosamente bem. seria estranho e louco? Rsrs Mas foi real.Hoje já é outro dia. Sabe Deus onde você esta, nessa sua vida sem rotina de pop-estar. Talvez você nem tenha tido tempo para pensar nisso tudo, como eu acabo de ter. mas quer saber? Não me importa.

Sei que Provavelmente ao término desse “conto-email”, você vai sentir um prazer absoluto; vai se lembrar dos meus cílios gigantes e ter um desejo imenso de viver cada vez mais, sua vida com vontade!

Ei famoso, segue sua estrada!
A gente vai se falando, a gente vai se lembrando.... Beijo e até a próxima!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

"Ciclos; por mim mesma..."

Não deixe de perceber quando um ciclo se encerra em sua vida. Não, não é fácil enxergar isso. Mas não é impossível. Temos a sensibilidade para ver em cada detalhe, que estamos deixando alguma coisa passar que nossa omissão acaba permitindo. Sabe quando vc costuma ganhar mais criticas do que elogios? Ou quando seus amigos te dizem em poucas palavras: muda seu comportamento ou ficará insuportável conviver com vc? E quando seus familiares parecem se tornar fardos e insuportáveis, e então vc começa achar que está numa crise existencial e pode á qualquer momento explodir ou implodir?

Pois é, bendito ciclo! Nada se encaixa; a felicidade fica falsa, as coisas superficiais, relacionamentos mais banais; lágrimas não caem mais, suas emoções não ficam tão aparentes, seu coração endurece aos poucos... e a cada dia sua esperança escorre entre os seus dedos e os daqueles que diziam te amar, e nada fazem ou querem. A vida nos dá sinais nítidos de que algo precisa ser mudado, urgentemente. È mentira quem diz que entrou numa "fria" particular sem perceber. E, é hipócrita dizer: "Ai, não consigo enxergar onde estou errando."

Oras, se vc já percebeu que está errando, é porque sabe o lugar da ferida. Toma coragem e vai cutucar ela ate sangrar mesmo. Existe pomada pra isso. Tudo tem cura. Porque não encara logo de frente? Face to face! Libera toda essa coisa ruim que tenta manter você numa prisão dentro de si mesmo. Os sinais, eles estão em toda parte, em tudo, sempre. E vc ainda vem pagar de vítima da vida??? Você ta aqui porque, pq tem que estar aqui, exatamente nesse lugar. As perdas que você teve, foram providenciais para que vc captasse o motivo da sua existência. Tem-se uma missão, seja ela qual for, precisa de fato se integrar, ter ela parte de vc, senti-lá da maneira mais verdadeira e intensa.

E nem sempre isso acontece da melhor maneira possível. Alguns acreditam que as maiores dores da vida, podem se reverter nas mais diversas vitórias e perspectivas. E , a partir daí, você se torna um "ser" um pouco mais iluminado, em um nível de espiritualidade e inteligência acima dos demais mortais; porque de fato foi obrigado a lidar com alguma coisa que lhe foi imposto e nem sequer pôde dizer que não estava pronto para isso.

Entende aonde quero chegar? Não se pode recorrer á máquina do tempo, e mudar o que passou. Se todos os dias estão aí para vc, é pq merecem ser vividos. Porque é seu por mérito. Todo mundo pode escolher a vida que quer levar; As mudanças, os caminhos, estão ai á todo instante, nos mostrando que não somos donos de nada; nem de meias verdades e nem de futuros prometidos.

Se o seu sonho de ser um astro do rock, ou uma atriz de ganhar Oscar, não aconteceu ainda, é porque em algum momento dessa caminhada alguma coisa foi esquecida. E, ou, talvez por dentro você ainda não esteja preparado para agüentar toda bagagem que há junto de um grande projeto á ser realizado. Enquanto vc não se exercitar, engravidar de seu sonho, se preparar e esperar, de corpo, alma e coração, e, isso não for lembrado e colocado em prática.... seu plano de se realizar e poder viver daquilo e do jeito que sempre quis, nunca irá se realizar.

Tudo está entrelaçado na vida! Não é cada coisa no seu "quadrado". Não se separa, o profissional do pessoal e diz que basta ter apenas um dos dois. Se você não está feliz na sua relação sentimental, e quando coloca tudo na balança, está tendo mais saldo negativo do que positivo, "blééémmmm" escuta a campainha! talvez seja a última antes do término da sessão: "felizes para sempre! "E depois quando acenderem as luzes, não se assuste com a realidade nua e crua; e não venha dizer que não teve culpa e não viu o tempo correr, muito menos jogue a culpe no seu parceiro(a). Os argumentos que falam sobre: pena, apego, comodismo e falso moralismo, precisam ser exitintos. E pode ficar calmo, você sobrevive! e a outra pessoa também; mesmo que ambos não percebam isso juntos. e se por dez segundos vc consegue realmente ver que quem está ao seu lado não esta feliz ou está errando e assim te causando um mal estar absurdo... pare de ser egoísta e preguiçoso! Vá viver as coisas com verdade, mesmo que elas durem 24hrs. Ponha logo os pingos nos “is” e deixe esse papel dramático de lado, de telespectador da própria vida. Isso é o fundo do poço, e sem molas!

O poder de dominar é encantador. Só que infelizmente querermos isso, só traz atraso. Enquanto seguimos tentando dominar algo, alguém ou alguma coisa, perdemos míseros segundos de prorrogação que Deus, ou Alá, ou seja quem for, está nos dando de reconstruir os pedaços de areia que estão ruindo do nosso castelo. Não perceber, fingir que não vê; tapar sol com peneira, empurrar com a barriga, tudo isso só vai fazer com que daqui dez anos, vc veja o quanto foi burro e o quanto esse tempo vai lhe fazer falta dali pra frente.


Nós temos a mania terrível de achar que seremos assim para sempre! e que teremos tempo suficiente para errar, e consertar tudo...Temos todo tempo do mundo, sim!
Mas, concorda que cada gota de suor ou de lágrima é sagrada para quem quer aproveitar o máximo que a vida pode lhe oferecer? Portanto, se você não é o tipo acomodado, bancário, que faz exatamente as mesmas coisas todos os dias, e mantém a tradição milenar de ler jornal tomando café.... Acorde!!! Já!!!! Entenda e assuma de uma vez por todas a postura que a sua vida quer de vc.

Pare de perder tempo querendo modificar o pensamento das pessoas, e fazê-las acreditar que o que vc pensa e faz é o melhor, porque não é. E vc sabe muito bem disso. E mesmo que fosse, vc não possui a capacidade de promover em alguém essa visão que só sua. Aceitar essas diferenças é ter sabedoria. Comece a reverter toda essa energia que vc gasta com sua teimosia, para flexibilidade e capacidade de auto-regeneração em poucos minutos. Quando sentir vontade de gritar mandar á merda tal pessoa, faça! Pense que a cada grito abafado, sentimento guardado, é como se existisse “um saco” de sensações dentro de voce, que vai ficando pesado e tem prazo de validade! Imagine, então, o que você será daqui 20 ou 30 anos??????? Um monte de restos e sobras...

Eu tenho certeza absoluta de que, depois desse "soco na boca do estômago", você vai perceber que chegou a hora de recomeçar!! vc tem de estar literalmente dentro da sua própria vida, tomando as rédeas de tudo, do que é de fato seu, por esforço e conquista. Acredite, as amarras que te seguravam fortemente, nunca mais vão te impedir de quebrar barreiras; trocar os ciclos, aprender e amadurecer. Você vai ver que delícia que é, poder ser aquilo que você sempre quis ser, mas antes, tinha medo: Ser VC mesmo!

domingo, 2 de agosto de 2009

O significado de uma vida sentimental silenciosa


Não consegui desligar noite passada. sabe quando vc deita, e seus pensamentos ficam presos nas últimas cenas e acontecimentos? Pois bem, essa madrugada foi exatamente assim. Eu ouvia a mesma música a noite toda, como um vinil arranhado que servia de "tema" para os olhares perdidos na noite fria; eu via as mesmas pessoas; um pouco mais perturbadas do que o normal, os movimentos, e o sorriso dele. Ou melhor, a falta dele. Eu sabia que ele não estava bem, mas eu não conseguia fazer nada para ajudá-lo. Mesmo porque, ele não queria ser ajudado. Então, segui as poucas horas, que me restavam na cama, assim....com uma confusão mental. Ora eu sonhava que nos beijavamos loucamente, ora que nos estranhavamos friamente em meio a multidão. Aquela maldita sensação terrível de cabeça girando por culpa dos dois dedos da vodka barata, tomada no "calor" do oba-oba também não ajudaram nem um pouco, trazendo um mau-estar esquisito de quem precisa vomitar e não sabe nem como colocar o dedo na guela. Ele me perturba! Ele sempre me incomodou. E, imagino que ele também já tenha reparado nisso, porque eu sou pouco discreta sabe? isso, se ele também não se sentir perturbado! Bom, de uma maneira ou de outra, um ruído nunca vem de um lado só. Sempre me desgastei, dediquei, qualquer coisa de quase nada, nessa suposta relação mínima e atribulada. Credo né? Risos*

Calma! na verdade, eu simplesmente tenho o dom de sentir um leve frio na barriga, por caras com jeito de "malandrão", olhar de menino carente e desconfiado, sorriso largo e jeito de "aparecido". Aquele que faz as melhores piadas, que fala mais alto, que chega chegando, que implica com tudo em mim, que sempre critica o que eu falo, que repara no que eu visto, e nunca diz "obrigada", "dá licença" e elogia. Puta que pariu!!!! esse tipinhos manjados fazem minha cabeça e me deixam atordoada. Nesse caso, tivemos uma discussão um tempo atrás, e eu senti um ódio profundo das coisas que ele me disse. E, percebi que de alguma maneira, ele me afetava, e muito! E isso, me irritou ainda mais. Depois disso, eu o vi algumas vezes. Ignorei uma, duas, esperei ele engolir o orgulho, o que aconteceu! ele veio falar comigo do nada, sem nexo....e pronto; já achei que estaria resolvido nossa pequena desavença e voltariamos para aquela fase de discordar em tudo.De ás vezes se cumprimentar, ás vezes não, eu te adoro, e eu te detesto, sabe?!Numa atitude de "trégua", peguei-o pelo braço, disse alguma coisa em seu ouvido, e dei-lhe um beijo carinhoso, na bochecha, claro! ele aceitou, digo até que retribuiu, mesmo que sem entender...nem a minha, nem a dele(atitude). Mas, temo de verdade que se inicie(re) um joguinho intenso de "quem perturba quem", e sempre quando um quiser fazer as pazes, o outro vai querer brigar. E, eu não posso deixar parecer que EU quero que fique tudo bem , em nome de qualquer coisa... Ele se acharia eternamente se eu fizesse isso. Nunca, não posso!

Caramba viu! eu fico num pé de guerra interno quando percebo que estou concentrando energias demais em um "lance" assim, que eu nem sei o que é, nem tem uma classificação, nem legenda.....Eu entro quase em pane. Mas, o que a noite mal dormida e o estereótipo acima tem em comum!?

Tudo.

Como posso dar um fim imediato nisso??? de não baixar a guarda, não aceitar ser dominada por tipos assim, parar de bater de frente, ser menos metida, menos orgulhosa, e ou, exigir que eles se declarem e eu não precise mover uma palha para que isso aconteca. Eu tenho uma atração fatal por quem bate de frente comigo e me tira do sério seriamente.

Puta que pariu - parte 2

Digamos que o fato deu chamar atenção dele de alguma maneira, ou de todas, deixe no "ar" algo que não pode ser dito e nem executado, por conta das circunstâncias, dos relacionamentos, e de tudo que implica nossa "pequena relação". e aí!? Como vou poder resolver isso?
Será que as brincadeirinhas sempre tem um fundinho de verdade mesmo?
Será que o que eu achei que já sabia de conquistas, e relações, derrubam a tese de que, eu talvez não entenda porra nenhuma de nada?????

Vou fazer dois comentários que a minha mãe me disse hoje, e que fez eu ver que a situação da minha vida sentimental é extremamente caótica e exije medidas extremas de emergência; Porque ainda dá tempo de socorrer e levar pro PS 24hrs.

1 - " Filha, fulano disse que não tem coragem de se aproximar de vc, que com certeza vc daria um fora nele, e que ele te acha muito linda, muita inteligente, muito tudo! que ele nem sabe se merecia tanto assim, nem como ele chegaria em vc, ainda mais por vc ser minha filha......."

2 - "Liga lá naquela moça que é meio mãe de santo, meio terapeuta. to desconfiada que fizeram uma macumba para vc. Porque não é possível que durante todo esse período, as pessoas que você tenha se interessado, e que aparentemente tbm tenha se interessado por vc, por algum motivo as coisas não saem da estaca zero. Liga Carolina, marca uma consulta urgente e dá um fim nesse desencontro. Tem alguém esperando você, e você vai ter que facilitar essa busca! "


FIM.