terça-feira, 28 de outubro de 2008

Confusão interior


Eu acordei triste hoje. não sei exatamento o motivo, e se realmente há um motivo. Não é TPM não! por muitas vzs, eu mesma crio uns supérfulos motivos para cair numa leve depressão, só para sentir o gosto da volta por cima no dia seguinte.
eu sou uma viciada em bipolaridade, efeitos emocionais e calmantes sentimentais.
sou um "quê" de tudo. Mas hj acordei tristinha.
Acho que cansei do estereótipo de mulher forte, amiga e legal.
acho que quero ser menos legal, mais fraca e ser cuidada as vzs ao invez de cuidar.
O que estou estranhando ultimamente, é o fato de estar me magoando com frequencia, com pessoas que eu gosto muito, com pequenas coisas, tudo isso sem sequer me envolver realmente em algum assunto, ou ter um motivo determinado.
eu to me magoando por tabela, entendem? sem necessidade, sem fazer nada...
estão me magoando..... pequenas coisas, mas que nao deixam de ser "coisas".

Eu to numa fase boa de trabalho, dinheiro, atividades e realizações...
Mas ta faltando alguma coisa, ou talvez o que realmente preencha meu coração esteja na frente e eu não esteja vendo....ando confusa, mesmo.
Acredito que uma hora essa inquietação interior tem que passar. Quero sentir aquela paz, aquela de estar bem só pelo bem querer. Aquela que demora pra vim, mas quando vem.....fica até a próxima primavera, pelo menos.
Eu quero seguir na estrela a direita até o amanhecer,

e ter a "quase certeza" de que tudo vai ficar bem, tudo bem....

domingo, 26 de outubro de 2008

Os outros


Quando alguém se afasta e esse "alguém" é um tanto quanto especial, você começa a perceber o quanto estava sendo necessário ou descartável. se é uma amizade ou "um tipo de relacionamento", qualquer coisa que seja, sempre será alguma coisa, e sempre terá que ter um "porque" as ações. certo?
Errado!!!!
Não é preciso justificar o que vida faz com as sensações e sentimentos.
não há necessidade alguma de saber exatamente o que esta se passando na cabeça do outro, ou se realmente ele se cansou de vc ou da relação que vcs estavam levando.
Simplesmente aceite que altos e baixos fazem parte dos relacionamentos.
e, que, correr atrás para descobrir o que está se passando ou forçar uma aproximação, nada mais é do que cometer o suicídio emocional.

A gente precisa aceitar quando alguém se distancia. Respeitar que não somos o tempo todo irresistíveis, e que cada um sabe até onde deve ir com vc, e por onde ir com vc.....
Vms acreditar que somos bons o suficiente para provocar uma saudade rapidamente, que trará de volta toda aquela alegria que sentimos quando percebemos que "alguém" precisa ouvir nossa voz todo dia, para se sentir bem.
Assumir uma amizade, uma relação, uma paixão ou amor é muito raro hoje em dia.
Não estranhe se alguém fugir de você, e depois de um tempo vc descobrir que era super importante para essa pessoa....

Alguns dominam demais as emoções.
Não dá p/ entender o que se passa na cabeça deles...
Vocês sabem de quem estou falando né;Os Outros!
Aqueles, que muitas vzs não combinam com a gente, são extremamente racionais, mas que sempre roubam a cena e arrancam suspiros, sejam de açucar ou de ar.
São aqueles que depois deles, nós é que somos "outros".

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Gestação Sentimental


Um dos meus melhores amigos, disse que na última carona que ele pegou, ele ficou uns 40 minutos ouvindo falar sobre a mesma pessoa e suas histórias.
Parei e tentei perceber se isso acontecia comigo ultimamente.....
não cheguei a conclusão nenhuma, mas percebi que alguns nomes se repetiam por diversas vezes. na verdade não faço idéia do que ando sentindo, e muito menos se tem fundamento.

então leio um texto de Martha Medeiros, que ganhei de presente de uma amiga querida,
que diz assim:

"Longas relações conseguem atravessar a fronteira do estranhamento, um vira pátria do outro. Amizade com sexo também é um jeito legítimo de se relacionar, mesmo não sendo bem encarado pelos caçadores de emoções. Não é pela ansiedade que se mede a grandeza de um sentimento. Sentar, ambos, de frente pra lua, havendo lua, ou de frente pra chuva, havendo chuva, e juntos fazerem um brinde com as taças, contenham elas vinho ou café, a isso chama-se trégua. Uma relação calma entre duas pessoas que, sem se preocuparem em ser modernos ou eternos, fizeram um do outro seu lugar de repouso. Preguiça de voltar à ativa? Muitas vezes, é. Mas também, vá saber, pode ser amor. "

e, desde então eu ando meio esquisita, tentando entender o que se passa em mim, nos outros!

Eu acho que tô grávida! Isso mesmo!
Grávida de um sentimento que, pelo o que estou observando, vai demorar algum tempo para nascer, mas com certeza será muito bem-vindo.

agora, vai saber de quem é esse filho.......vai saber de quem é essa "espécie de amor"....
por enquanto sem dono.......
e precisa?????

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

A falência múltipla dos valores

Acordei pensando no que poderia ter tornado a cabeça de um ser humano tão pervesa e doente, a ponto dele querer a morte de quem julga amar e idolatrar.
O que acontece quando os valores são subestimados e transformados em jóias raras, cada vez mais dificeis de encontrar.

Ela se apaixona e perde a infância aos 12 anos.
Em casa, não encontra a estrutura que deveria.
Seu pai é um assassino procurado.
e aos 15 ela se torna vítima dela mesma, manchando o destino e apagando qualquer possibilidade de futuro.

Em cima do palco só vejo os holofotes.
Todo o Teatro que se formou, se torna a cada dia a angústia e tristeza de muitas pessoas;
que se questionam, e que nem sequer conseguem distinguir se dormem com o inimigo.

Há um tempo atrás, pai e madrasta atiraram uma menina pela janela.......

è a Falência Múltipla de tudo que é bom, de tudo que é do bem.

o que será do amanhã????
o que será.....

terça-feira, 21 de outubro de 2008

"O start"


Quando resolvemos dar um "start" naquilo que precisa ter um re-começo, a gente prioriza ou tenta, dizer a verdade , somente a verdade, nada além da verdade.
Logo nos pegamos a imaginar todas elas(as verdades) juntas, num sonho lindo que acaba
quando o despertador toca - "triiiimmmmmmmmmmmmmmmm"

então, o que é a verdade de verdade?
a sua? a minha? a nossa?
o que seria o recomeço do começo!?

confuso!

o start de tudo é sempre o começo, o contador zera, e tudo se abre novamente, lá vem o novo; cada caso, um caso. E, em cada caso, um recomeço.

então, estamos prontos? vamos recomeçar?
conte até 100, feche os olhos, e aperte o botão "star"

só quem vive entende.

beijo na ponta do nariz