terça-feira, 30 de agosto de 2011

Malditos 3000 toques





Nascemos pré-destinados a seguir um caminho, uma profissão, um talento. No meio tempo da vida, descobrimos o quanto frágeis somos e que a caminhada é bem mais suada e pesada do que de fato sequer, um dia imaginamos. Quando você cresce, você se decide, se dedica e quanto mais aprende, mais descobre que não sabe nada. Quando escolhi me entregar aos estudos novamente não imaginava o quão grande meu mundo ficaria. O tanto que aprenderia, desaprenderia e  descobriria o tamanho de ignorância e limitação em mim mesma.

Não, não é ruim! é um pouco angustiante apenas. é aquela velha história de que, talvez eu não estivesse preparada para todas as frustrações que minha carreira trariam. Bom, sou jornalista á 5 anos, trabalho á 10 anos na área e estou me dedicando a uma Pós-Graduação em Jornalismo Cultural. Tenho um blog meia-boca, componho músicas para a banda do meu afilhado, escrevo poesias/poemas e ótimas crônicas modestia a parte. Mas acabo de descobrir que não sei sequer compor uma crítica descente sobre "Cinema". 

Sendo assim, arrasada ou não, querendo berrar com o professor super inteligente e correto em sua avaliação... simplesmente vou ignorar esse fato, que é para não achar que o ciclo vicioso tomou conta de tudo. Então,  por enquanto, vejamos como me saio escrevendo obituários para um jornal de bairro.


Avante!



2 comentários:

Vivian disse...

Olá,Carô!!

A vida é assim...não adianta!
Sempre vai aparecer uma pedra no caminho um revés...
Mas vamos seguindo...aprendendo!
E aposto que as próximas criticas serão melhores!!!
*Obrigada pela visita!
Seja bem-vinda!
Beijos!

Vivian disse...

Ah!!E seu blog não é meia boca!!rsr
Pelo que vi tem muito conteúdo.
Só esta no começo...
Faça visitas, que receberá mais...assim o blog vai crescendo!