domingo, 7 de fevereiro de 2010

Saldo positivo


Estive sóbria, fiz tudo que devia e me alimentei bem. Não fiquei nervosa, ansiosa e nem me magoei com nada nem ninguém. Não me feri, não senti vontade de desistir, não me iludi.
Fugi dos olhares invejosos, críticos e muitas vezes tristes.

Mantive minha mente sã e meu corpo são.
Não tomei remédio para dormir e nem escutei aquelas canções que me lembram os momentos de felicidade extrema que não voltam mais. Desliguei o telefone, não respondi emails e ignorei a campainha. Assiste bons filmes, ouvi algumas músicas, li palavras picadas de boas histórias.

Consegui Alguns dias á menos de estranheza e até sofrimento, num mundo que não é meu. Enquanto os outros testam seus limites superficiais e vivem suas ilusões pessoais, eu sigo pela estrada de tijolos amarelos. Na minha verdade, ando em busca de algum lugar que seja tão bom quanto a minha casa, em busca de uma companhia que seja tão boa quanto a minha.

Pausa!
Paz....sinto paz!

Até quando eu quiser...

7 comentários:

Desabafando disse...

Muito lindo esse texto...eu busco coisas parecidas também e espero que consigamos!

Cris Lima disse...

seu saldo fooi positivo, pq aceitou seu dia como ele se apresentou à vc.se distanciou de tudo que tá te incomodando nesse momento percebendo que o hoje vc não pode mudar.mas o amanhã está cheio de novas possibilidades.A solução pode surgir do próprio Caos(Deepak Chopra)

Lary Lacerda disse...

Tem foto que voce parece a Bruna Surfistinha. rs
E quanto ao seu momento, vc fez o melhor, se guardar pra voce sem colocar em risco sua paz interior e seu coração. te amo. beijos

GabiBrasiliano disse...

Carol, como sempre seus textos perfeitos! E muitas vezes no momento em que eu preciso ler isso! rs

Beijos!

Lorelai disse...

irmã, seu e-mail teve que ser publicado. amo vc.

Sofia disse...

Ao ler esse texto tb me transbordei de paz...porque pelos muitos lugares onde estive só encontrei paz dentro de mim.

Candy disse...

Eu me machuquei, chorei, machuquei os outros, chorei. pensei em desistir, escutei música que me fazem chorar por lembrar ótimas fases que nao voltam mais.
E daí, né?
também busco minha paz, mesmo que seja por caminhos tortuosos.

beeeijo
e desculpa a ausencia!