terça-feira, 15 de setembro de 2009

Carga Pesada

Ultimamente estive refletindo muito sobre os “pesos” que carregamos duarnte nosso período aqui na terra. Ouvindo histórias, convivendo com situações, vivenciando na pele algumas....

Como deixar a vida passar e não ter marcas na alma de tudo de ruim que já lhe aconteceu!?

Fiquei tanto tempo remoendo certas coisas, dores, desamores, desavenças, entre coisas...E de repente sem eu perceber, no maior acontecimento da minha vida, que poderia gerar o maior trauma, eu acabei me saindo bem, e em pouco tempo superando o que aconteceu, e limpando por completo meu coração e minha mente; deixando assim um espaço vazio e novo, e apagando de vez qualquer sensação de mau estar, mágoa e ou peso na consciência.

Cheguei á me cobrar por isso. Por ter superado....Mas, não é assim que é pra ser? È sim...e isso não frieza ou desdenho com seus sentimentos e as situações. Isso chama-se Renovação, Regeneração. Acredita-se que em muitos dos nossos ciclos, estamos sempre sujeitos a novas experiências e sendo assim, abertos as dores do mundo. Me lembro que quando era mais nova me magoava com mais frequencia. Tudo parecia maior e tambem pesado. Hoje não. Hoje é tão mais fácil ser eu mesma.

Nem todo mundo é assim, e eu não posso cobrar isso de ninguém. Essa é a minha maneira de superar, de enfrentar tudo, de recomeçar! Cada é um é cada um. Já cheguei a ter vontade de encher a cara de alguém que eu gosto de bolachas, só pq essa pessoa passou tempo demais sofrendo e remoendo alguma situação. Não é por mal..muito pelo contrário; é pelo fato deu me preocupar e querer muito, muito mesmo que essa pessoa não deixe nada estragar o resto da vida que tem pela frente. Mentir que esqueceu, que passou, que está bem, só aumenta a carga que você tem dentro de si. Vejo pessoas desperdiçando minutos, dias, meses, vivenciando uma dor e transmitindo para outras e para mundo, tudo que há de amargo dentro dela...

Um homem de 35 anos, e um garoto de 18, possuem dentro de si forças diferentes. Entrando no campo dos relacionamentos, o que eu posso esperar da pessoa que eu escolho para me fazer Cia, hoje em dia, tem tudo haver com o que ela pode me me proporcionar emocionalmente. Claro, ninguém é blindado e nunca será atingido. Mas, eu realmente estou cada vez mais certa de que, quanto mais porrada um homem levar, e mais ele se levantar de cara e coração limpos e livres, mais ele será um par perfeito. Homens com cargas pesadas e todos aqueles melindres são as piores parcerias que se pode ter; sugam sua energia, não se regeneram, e trazem dentro si uma insegurança profunda, capaz de afundar o mais pesado dos Titanic's....Se o mais velho for a lagarta que se regenera, ótimo! Ele vai proporcionar uma segurança e uma força incrível, trazendo tudo que de melhor ele aprendeu com os erros e acertos.

E o mais novo, já é mais previsível! pode ser menos experiente em muitos sentidos, mas ele carrega em si toda uma vontade de viver, uma leveza e uma paz de que tudo sempre vai acabar bem....sem desespero! Independente da idade, da relação, traga para perto de você, sempre alguém que você possa admirar, e "roubar" algo de sua personalidade e caráter e não qualidade e defeitos, pois esses vem e vão, oscilam; pessoas leves, trazem tranquilidade entre as ondas gigantes; e assim é mais ameno viver os dias...

Bom, seja qual for o ciclo da vida de um ser humano, toda vez que o mesmo limpar o peito das coisas ruins, descobrirá, uma Fé e Força imensas; e que mesmo com o passar dos anos, é possível cultivar aquela menino(a) dentro de nós, para nos fazer acreditar a cada tombo, que dali pra frente é sempre hora exata de recomeçar!

5 comentários:

Memória de Elefante disse...

conheces aquela"história"o que pesa mais? -um quilo de chumbo ou um quilo de brisa?

Desabafando disse...

Nossa...estou aqui sem palavras pra escrever....me identifiquei totalmente com seu texto...quem não carrega ou carregou coisas ruins pela sua vida não? Se puder, passa pra ler meu último post, também fala sobre isso, mas de forma bem diferente....

Júlia M. disse...

Superar é sempre bom... desde que não seja uma superação forçada, né? Tudo a seu tempo, às vezes curtir uma fossa pode ser edificante. A gente sempre aprende com os tombos da vida... acho que no final a lição é essa, tirar o melhor que puder até das piores situações!

matheus disse...

legal, gostei :)

"oda vez que o mesmo limpar o peito das coisas ruins, descobrirá, uma Fé e Força imensas; e que mesmo com o passar dos anos, é possível cultivar aquela menino(a) dentro de nós"

perfeito x)

Cลroℓ disse...

Muito bacana seu texto!
Me identifiquei bastante!
Parabéns !
Bjs