sábado, 18 de julho de 2009

pensamentos, sensações e escolhas

Incrívelmente incrível quando crescemos de fato e nos damos conta de que, temos caminhos e opções para seguir e viver, e isso implica para o resto de nossas vidas. Tenso hein!? Acho um fardo bem gordo carregar essas renúncias e escolhas, mas creio que não poderei fugir muito disso. Cada vez mais percebo, que o certo para alguém, nem sempre trará uma coisa boa para mim. e vice-versa. Percebe que nem sabemos ao certo o que é o "o bem e o mal"?Sim, confuso.
Falando de uma maneira generalizada: Temos sempre que estar atentos, pois no mundo de hoje, virar as costas não é a atitude mais segura. Me sinto como se sempre alguém estivesse preparado para me apunhalar. Me vejo em situações de extrema ingenuidade, e me pego em ocasiões que nem sei ao certo o "Porque" fui parar ali.Me sinto despreparada para esse "mundo cruel". Caio na bobagem de dizer alguma fraqueza minha para quem menos merece ouvir; ou compro a certeza de que alguém me conhece bem, e sabe que eu jamais teria determinada atitude, eu sou uma bundona, como diz meu chefe..rs!
Não vejo o mal ás vezes, porque não faço o mal. entendem?
Tá bom, vocês não estão entendendo nada.... rs!
Tenho amadurecido, e tenho tentado me proteger. Das disputas diárias no trabalho, da malícia dos outros, dos pré-conceitos, dos ex-amigos, ex-colegas, daqueles que não me conhecem e ainda assim me julgam.... daqueles que um dia sentiram ódio de mim, ou porque fui demais ou de menos....


Acontece que, se tratando de habitantes do mesmo planeta, tudo pode ser fatal, e qualquer movimento tem que ser friamente calculado. E não é paranóia, eu juro. eu sigo buscando o bem, sem saber exatamente o que o mal. e no meio disso tudo, existe sempre a escolha certa.


Não existe?!

Um comentário:

Cantodomeucordel disse...

Interessante sua reflexão, Carol. É verdade, todos temos esses receios naturais ao longo da vida. Depois, tudo segue o curso normal na jornada da existência humana. Basta o passar do tempo para isso.

Poético abraço.

Conheça também meu blog de poesias e crônicas:
http://gilbamar-poesiasecronicas.blogspot.com/